ISP

Atualmente, os usuários utilizam vários serviços da internet para conectarem-se ao mundo. Por esta lógica, a web se transformou em um gigantesco veículo para a disseminação de idéias, oferecendo ao mesmo tempo recursos suficientes para permitir que pessoas separadas pela distância possam se encontrar, trabalhar e se divertir. Porém, e isso não é nenhum segredo, a internet também é um meio ideal para compartilhar informações.

Os problemas surgem quando o conteúdo compartilhado infrige direitos autorais e leis de propriedade privada. É aí que os provedores de acesso à internet (“ISP” – Internet Service Providers) costumam se envolver no assunto: primeiramente, tentando minimizar os danos pessoais e a quebra de leis, e ao mesmo tempo, tentando não restringir as oportunidades dos clientes que pagam pelo seu serviço.

Assim, muitas das empresas dedicadas a oferecer serviços de conectividade frequentemente optam por bloquear a utilização de determinados aplicativos ou protocolos. Vários websites utilizam o protocolo HTTP, enquanto eMule Plus e muitos outros clientes P2P utilizam o domínio “eD2K”. Por esse motivo, um provedor pode optar por não incluir o protocolo eD2K nos seus serviços, para combater o desenvolvimento da pirataria.

O protocolo eD2K, porém, é independente e não pode ser completamente bloqueado por um provedor, pois não opera a partir de um servidor centralizado. Dessa forma, são os “peers” quem contactam uns aos outros.

eMule Plus ajuda quem quer entrar em contato, evitando que o provedor detecte a operação do protocolo eD2K no computador local. Isso significa que você pode navegar na web com liberdade total e baixar tudo que quiser.

Download Emuleplus